#Notícias Unitoledo
 
 

Alunos das Engenharias podem realizar inscrição para participar de visita técnica a Itaipu

Mariana Páscua

Acadêmicos dos cursos da área de Engenharia do UniToledo terão a oportunidade de visitar usina de Itaipu no início de maio. Interessados já podem se inscrever por meio de formulário digital. Ao todo, estão disponíveis 40 vagas. A visita técnica terá duração de três dias.

Durante o período, os alunos poderão conhecer locais turísticos regionais da fronteira entre Brasil, Paraguai e Argentina. O os professores Sérgio Mazini e Breno Oliveira, respectivamente coordenadores dos cursos de Engenharia de Produção e Engenharia Elétrica, são os responsáveis pela organização da viagem e podem oferecer informações gerais para quem tiver interesse em participar.

De acordo com o professor Breno de Oliveira, a usina é uma obra de grande importância e complexidade da engenharia mundial. Além de sua grandiosidade a obra envolve diversas áreas da engenharia como Elétrica, Mecânica e Civil, segundo o professor. “Desde sua concepção, Itaipu foi um desafio enorme para os engenheiros brasileiros que, na época da construção, já dominavam o know-how de construção de hidrelétricas no mundo.” O coordenador destaca que visitar uma obra como essa, além de trazer muito conhecimento aos estudantes, enaltece a engenharia nacional.

ROTEIRO
Os alunos sairão da instituição para a viagem em de maio, às 20h e retornarão no dia 6. O roteiro dos dias 4, 5 e 6 conta com passeios pelas Cataratas de Foz do Iguaçu, Ciudad del Leste no Paraguai e Argentina, além da Usina de Itaipu. “O roteiro da visita foi pensado de forma a trazer muito conhecimento, porém, não deixando de lado o lazer e a diversão para os alunos.”

Oliveira destaca que Foz de Iguaçu é um polo nacional de turismo. Lá, os alunos poderão conhecer, por exemplo, as Caratas do Iguaçu, considerada uma das Setes Maravilhas da Natureza. “Além disso, por estarmos em uma tríplice fronteira, os alunos poderão também conhecer nossos vizinhos Paraguai e Argentina, sempre acompanhados pelos professores ou coordenadores do UniToledo” afirma o professor.

A visita é direcionada aos alunos dos cursos de Engenharia, sendo estes Civil, Elétrica, Mecânica, Química ou Produção. Nela, os universitários poderão adquirir conhecimento de acordo com sua área por meio de observações que dialoguem com o conteúdo ministrado nas disciplinas.

CONSTRUÇÃO
“Muitos alunos não conseguem enxergar apenas nas aulas, suas aplicações práticas. Mas uma visita técnica evidencia para o aluno a importância das aulas teóricas. A visita será guiada por profissionais da Usina de Itaipu, portanto o aluno irá receber as informações sobre a construção e projeto de cada grande bloco da obra, associando com o abordado na sala de aula”.

Segundo Oliveira, visitas técnicas como esta reforça a seriedade exigida pela profissão, bem como a satisfação em projetar e construir algo dessa magnitude. “Observar de perto uma obra de tal porte permite aos alunos notar o nível de detalhes pensados e calculados da construção, despertando o que é mais importante na profissão, que é a paixão em se trabalhar”.

Edição: Rafaela Tavares