#Notícias Unitoledo
 
 

Professores e aluno do UniToledo participam de Congresso Internacional do Observatório da Alimentação em Barcelona

Vitória Frederico

Professores e aluno do UniToledo participaram do V Congresso Internacional do Observatório da Alimentação, realizado de 18 a 21 de junho na cidade espanhola de Barcelona. Com o tema “Patrimônios Alimentares, turismos e sustentabilidade”, o evento foi promovido na Universidade de Barcelona e teve apoio e patrocínio da Fundação Alicia, do ODELA, da Universidade de Barcelona, e La Pedrera (Casa Mila). O congresso recebeu representantes de todos os continentes da comunidade científica das áreas de Gastronomia, Turismo e Nutrição.

O UniToledo foi representado pelos professores Helerson Balderramas, coordenador de Gastronomia, a professora Ângela Liberatti, coordenadora de história, e o aluno do curso de Gastronomia, Renan Peron. Os dois coordenadores desenvolveram juntos e apresentaram o trabalho “Prazeres da Carne: o cupim casqueirado de Araçatuba (SP) Brasil”. A pesquisa, além de fazer uma contextualização histórica do município e do produto em si, enfatiza a transformação da cidade de Capital do Boi Gordo, para a atual Terra do cupim casqueirado.

“A forma de preparação também foi alvo da pesquisa, a habilidade técnica do corte ‘casqueirar’, não é relatada em nenhuma literatura especializada e será uma novidade aos participantes dos diversos países”, comenta Balderramas.

Ângela também participou do evento com o trabalho “Cafés Brasileiros: patrimônio, histórias e sabores”. Já Peron integrou a sessão de metodologias inovadoras com um relato de experiência sobre o Projeto Integrador do curso de Gastronomia. Lá, aluno apresentou um trabalho sobre “A utilização das PANC no cenário gastronômico brasileiro”.

“É muito importante representar o Brasil com uma produção científica de qualidade que os cursos de Gastronomia e História desenvolvem no UniToledo e toda essa divulgação dá credibilidade para nossa instituição” , afirma Balderramas. Segundo o coordenador, a participação do congresso, considerado o principal evento mundial sobre Patrimônios alimentares, contou com trabalhos desenvolvidos pelo Grupo de Pesquisa “Patrimônio e memória coletiva” do UniToledo, do qual participam professores e alunos dos cursos de História, Gastronomia e Arquitetura.