#Notícias Unitoledo
 
 

Curso de História do UniToledo faz parceria com Siran e marca presença no Memorial do Fazendeiro na Expô 2019

Mariana Páscua

O Memorial do Fazendeiro, desenvolvido pelo Siran (Sindicato Rural da Alta Noroeste) com o objetivo de resgatar as tradições e narrar a trajetória do homem do campo, teve acadêmicos do curso de História do UniToledo como guias turísticos para informar os visitantes sobre as atrações expostas no espaço.

O museu reúne em seu acervo diversas peças que marcaram época, recebidas de diversas fontes como a prefeitura, pecuaristas, colaboradores e até mesmo do próprio sindicato. Este é o 3º ano consecutivo do memorial no recinto de exposições de Araçatuba, que foi aberto ao publico nos 10 dias do evento, recebendo visitantes das 14h às 22h.

O diferencial deste ano, de acordo com o diretor do Siran, Thomas Arias Neves Rocco, é a galeria de fotos com os 26 ex-presidentes do sindicato, além da parceria com o curso de História do UniToledo. Por meio da união entre a graduação e a entidade agropecuária, alunos do centro universitário estiveram presentes no memorial do fazendeiro durante os dias da Expô desempenhando a função de “guia turístico” do museu.

A aluna Fernanda Caroline, 4º semestre, foi uma das voluntárias da ação, junto a 4 colegas de curso. “O intuito da ação é reviver um pouco do passado, trazer lembranças e ouvir histórias, mostrando toda a trajetória dos presidentes do Siran”, afirma. Segundo ela, foi uma ótima experiência, pois durante as visitas pessoas se emocionaram e relembraram histórias.  “Ao todo, foi algo bem bonito. O pessoal do Siran nos auxiliou desde o início, fomos informados em tudo referente à história do Siran e todo acervo do Museu”.